veleidade


A Tati tem os melhores amigos do mundo!

papai noel do meu coração, velhinho muito aguardado e que faz a nossa alegria , tenha no seu prato muito pirão e muita farinha, sempre, e para meu coração  ficar feliz traga no dia 25 de madrugada, no seu saco vermelho, um homem formoso, justo, verdadeiro, fiel, honesto, trabalhador,  que de mulher tenha um tiquinho para poder ser gentil mas de macho tenha tudo no lugar e no agrado da minha amiga tati.
traga para ela que mora em são paulo este namorado com cheiro de orvalho branco, pele macia,  ancho na cama.
o senhor encontra a tati facinho. é só perguntar aqui nas falmigas onde mora a tati tatuada.
se o senhor atender este pedido fica quase sem me dever presente. este vale por 10, tá papai noel?

agradeço com antecedencia pois sei que o senhor não desaponta a ninguem.
beijo de quem nunca lhe escreveu mas o faz agora com o coração na mão.

esther



Escrito por Tati a tatuada às 20h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

Engraçado, sim essa é a palavra, como as pessoas tomam suas próprias conclusões como verdades absolutas e incontestáveis.

Num mundo onde a informação é instantânea, onde todos podem buscá-la e encontrá-la, ainda assim as pessoas fazem questão de gagar regras. A partir do seu próprio ponto de vista fazem uma analise e chegam a alguma conclusão tão distante da lógica racional e da verdade que somente o egocentrismo justifica tal atitude. Crêem que seu umbigo é o centro de todos os universos.

Para este tipo de pessoa só uma dica:

Vá dar meia hora de bunda e não enche o saco!



Escrito por Tati a tatuada às 15h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Como assim vamos supor?

 A UNIBAN mandou publicar hoje no jornal O Estado de São Paulo, caderno Metrópole, ¼ da primeira página para divulgar o resultado da sindicância sobre o episódio da menina que foi ultrajada nas dependências daquele “estabelecimento de ensino superior”*.

 

1 – Desligar a aluna Geisy Villa Nova Arruda do quadro discente da Instituição, em razão do flagrante desrespeito aos princípios éticos, à dignidade acadêmica e à moralidade;

2 – Suspender das atividades acadêmicas, temporariamente, os alunos envolvidos e devidamente identificados no incidente ocorrido no dia 22 de outubro”.

 

Como assim vamos supor?

A menina foi expulsa por vestir como toda menina da idade dela se veste?

Por achar graça, num primeiro momento, das gracinhas sem graças de uns babacas?

A entrada dela foi fraqueada na “universidade”* pelos representantes desta, a responsabilidade é sim da “Instituição”, que premiou trogloditas, num momento de histeria coletiva denegriram a concepção da palavra respeito e urbanidade. A “Instituição” ratificou o comportamento deles, deu sua benção.

 

Se a Tati lá estudasse, segunda-feira trancaria a matrícula. Não, abandonaria a “Instituição” e se tivesse algum diploma de lá, esconderia no fundo de uma gaveta trancada, ou melhor picaria em mil pedaços.

 

Se fosse para contratar alguém, portador de diploma da UNIBAN seria eliminado sumariamente.

 

É inadmissível que uma Instituição de Ensino séria admita e ratifique qualquer atitude preconceituosa.

 

A bem da verdade, sorte dessa moça que nunca mais vai colocar os pezinhos naquele pardieiro.

 

*(por considerar que a UNIBAN não faz parte de uma Instituição de Ensino, asteriscos foram colocadas).



Escrito por Tati a tatuada às 11h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu humor



Histórico